Menopausa

O CICLO DA DESTRUIÇÃO, QUE OCASIONA A SECURA VAGINAL NA SUA VIDA

42views

O CICLO DA DESTRUIÇÃO, QUE OCASIONA A SECURA VAGINAL NA SUA VIDA.

Você conhece o ciclo da ruína que ocasiona a infeliz secura vaginal para a sua vida?

Neste artigo, quero explicar algumas coisas para você!

  • As causa da secura vaginal no periodo da menopausa;
  • 6 dicas de o que fazer para melhor recuperar a sua saúde vaginal.
  • As ações do hormônio estrogênio na região urogenital;
  • O que causa a ausência de estrogênio nas suas partes íntimas;

Quais são as causas da secura vaginal?

 Por sua vez, esta sugere que os ovários da mulher estão falidos e, logo, há falta de estrogênio. Portanto, é pertinente ressaltar uma das grandes duvidas entre nós, que a menopausa é sim um processo que ocorre para 100% das mulheres e consequentemente marca o término do nosso ciclo reprodutivo.

Todavia, a ausência deste hormônio abala diretamente a fase produtiva, ou seja, afeta negativamente em muitos órgãos e inúmeras funções do nosso corpo. Deste modo, encontra-se em torno de  76 possíveis sintomas que podem ser desencadeados. Sendo um desses sintomas, a secura vaginal sintomática que afeta em torno de 50% a 80% das mulheres que estão na menopausa.

As ações do estrogênio sobre a área urogenital

A região urogenital engloba: uretra, ânus, vagina, vulva, bexiga e musculatura pélvica. Consequentemente, o estrogênio age nas estruturas promovendo…

  • Elasticidade da vagina;
  • Estabilidade dos lactobacilos vaginais e Ph ácido;
  •  Lubrificação vaginal;
  •  Equiparação da colonização de bactérias;
  • Redução da migração de bactérias do ânus para a uretra, o que ocasiona a cistite;
  • Diminuição de inflamações e infecções vaginais.
  • Aumento das células da vagina, vulva, bexiga, uretra, etc.;
  • Desenvolvimento das células, para que estas estejam preparadas para funcionar;
  • Expansão do fluxo para nutrir as células;
  • Estímulo das glândulas secretoras;
  • Melhoria da espessura dos tecidos;

Assim sendo, podemos perceber que o estrogênio é fundamental para a saúde urogenital de toda mulher.

Quais são as causas, que causam a falta de estrogênio na sua parte íntima?

ELA INFERNIZA VOCÊ NA MENOPAUSA.

Embora eu considere que as partes intimas tem grande importância, muitas mulheres por vergonha ou desleixo ainda procrastinam e demoram para cuidar da saúde dessa região tão importante. Portanto, podemos afirmar que a falta de hormônio feminino tem como consequências:

  • Deixa de crescer mais células nesta região. A consequência disso é o tecido fica mais fino e liso;
  • Encolhimento da vagina;
  • Eliminação da rugosidade vaginal;
  • Para de estimular com facilidade as glândulas secretoras. Por isso a redução da lubrificação vaginal causando irritabilidade;
  • Secura vaginal e dor;
  • Em razão da fina espessura do tecido, pode vir a sangrar;
  • Redução considerável dos lactobacilos e mudança da muda a acidez que são protetores vaginais;
  • Redução da acidez, fazendo com que aumente as chances de crescimento bactérias e fungos;
  • Exposição maior para inflamações e infecções;
  • Crescimento da incidência de cistites pós coito;
  • Fluxo reduzido e, assim, menor nutrição e estímulo dos tecidos;
  • Flacidez considerável na vagina, vulva  e pelve;
  • Assoalho pélvico mais ficando mais delicado/frágil. No entanto, temos um risco muito maior para incontinência urinária e urgência miccional;
  • Pode ainda provocar incontinência fecal, isto é, evacuar sem você ter controle controle.

Logo, a falta de estrogênio traz grandes danos para a saúde urogenital de toda mulher.

O trágico ciclo que gera a secura vaginal na sua vida 

A secura vaginal ocasiona impactos em muitos setores da sua vida, como:

Vida conjugal e sexual.

Podemos ver alguns dos problemas abaixo:

  • Uso constante de antibióticos;
  • Falta de compreensão do marido por falta de comunicação;
  • Seu parceiro pode imaginar que você não tem mais interesse nele;
  • Você passa a não dar mais bola para a sua vida sexual;
  • Se o sexo sempre foi um fator importante na união, o casamento pode correr riscos;
  • Necessidade de usar gel sempre nas relações;
  • Reclamar para o parceiro que dói;
  • Não ter vontade de transar por medo da dor;
  • Pós coito com cistite;

Saúde intestinal

Alguns das perturbações são:

  • Se usar antibiótico é comum ter cistite com mais frequência;
  • Antibióticos afetam a flora intestinal, que pode demorar 2 ou mais anos para se recuperar;
  • O uso crônico de antibióticos leva à disbiose;
  • Má digestão, gases, estufamento e inchaço.

Saúde genital

Alguns dos obstáculos são:

  • Incomodo por sentir a própria secura;
  • Coceira na vulva;
  • Probabilidade maior de fungos e bactérias e, com isso, corrimentos;
  • Coleta exame de preventivo insatisfatória;
  • Flacidez vaginal e vulvar.

O que pode acontecer com autoestima e feminilidade

Algumas indisposições são:

  • Urinar ao fazer pequenos esforços, como: dar risadas, tossir, carregar pesos, espirrar etc.;
  • Perder controle da urina, a ponto de sair desesperada para o banheiro;
  • Ficar diariamente com absorvente por conta de não conseguir controlar a urina;
  • Sentir-se deslocada, velha e sem compreensão;
  • Mal humor frequente;
  • Sem vontade de fazer sexo.

Podemos ver que, as adversidades que estão surgindo na sua vida são inúmeras. Com isso, os abalos são muito além da região genital. Além disso, se não tratar, são progressivos.

6 Sugestões de como você pode recuperar a saúde vaginal.

Veja a seguir, 6 dicas muito importantes que vão te ajudar a melhorar sua saúde vaginal.

#1 Estilo de vida

  • A pratica constante de atividades físicas melhora o fluxo sanguíneo no corpo todo, o que leva à maior nutrição;
  • Alimentação saudável tem a capacidade de nutrir os tecidos, assim, estes passam a funcionar melhor;
  • Manter a vida sexual ativa regularmente ativa o fluxo sanguíneo do assoalho pélvico.

#2 Exercícios para o assoalho pélvico

  • Pilates ou meditação;
  • Yoga;
  • Ginástica íntima/pompoarismo.

#3 Gel vaginal de ácido hialurônico

O MESMO, MELHORA A ATROFIA VAGINAL NA MENOPAUSA.

Melhora as circunstâncias do tecido vaginal.

#4 Hormônio sintético vaginal

  • É necessário ser prescrito por um médico
  •  Faz com que as condições do tecido vaginal melhorem.

#5 Terapia de reposição hormonal

  •  Um medico precisa prescrever para você;
  • Reposição de estrogênios na forma de gel, creme, adesivo, implantes e vaginal.

#6 Laser e radiofrequência

Deve-se procurar por um ginecologista ou dermatologista para realizar este procedimento

Conclusão

Estas 6 dicas têm, basicamente, o intuito de estimular o tecido e, com isso, reconquistar as funções. Porém, é importante você saber de não abusar dos lubrificantes, pois eles servem apenas para o ato sexual. Portanto, não vai ser os lubrificantes que vão melhorar o quadro de atrofia.

Por fim, infelizmente, a menopausa marca o fim de um hormônio elementar para a sua saúde íntima e de toda mulher. Diante disso, podemos ver sintomas, como a secura e a dor, que podem acarretar muita dificuldade para sua qualidade de vida como o todo.

Logo, o problema começa na esfera genital e se expande para a sua vida de maneira geral muito rápido.

Além disso, quando não tratados da maneira correta, os sintomas são evolutivos, o que gera o CICLO DA RUÍNA. Trazendo a piora no decorrer do tempo.

Agora você sabe o que está acontecendo com você. Utilize dos recursos para combater os sintomas.

Agora que você sabe que existe várias opções e que não precisa aceitar parar a sua vida; coloque as dicas que achar mais interessantes em prática, tenha paciência pois os bons resultados virão!

Vamos juntas lutar, para tornar esta a melhor fase das nossas vidas.

Deixe uma Resposta