Menopausa

INSÔNIA NA MENOPAUSA, É NORMAL?

36views

Neste artigo vou te dar 8 dicas para derrotar a insônia na menopausa. Apesar de ser um problema complexo, você pode aplicar sozinha a maioria das dicas a seguir e melhorar muito a qualidade do seu sono.

Mas lembre-se, toda melhora exige dedicação e comprometimento com você mesma, para cuidar da sua saúde!

Não existe resultado fácil! Em nenhum aspecto da vida…

O que é insônia?

Insônia significa não ter um sono adequado e sua incidência é muito grande. Assim, esse problema pode afetar de 5% a 50% da população, dependendo da região. No Brasil, de acordo com pesquisas, mais de 11 milhões de pessoas, ou seja, 7,6% da população, usam medicamentos para dormir.

Mas será que não existem opções melhores para nossa saúde do que tomar um monte de remédios?

Saiba que, existem 3 tipos de insônia, que podem ocorrer juntas ou separadamente:

  • Quando você demora para dormir mais de 30 minutos;
  • Quando você acorda antes do previsto e não dorme de novo;
  • Quando você dorme e acorda várias vezes durante a noite.

Causas da insônia

Os principais fatores que prejudicam o sono adequado são:

  • Preocupações de qualquer tipo;
  • Ansiedade, ou seja, o medo do amanhã;
  • Estresse crônico, isto é, uma ameaça ao corpo. Pode ser físico ou mental. Geralmente, a pessoa estressada também é ansiosa, e vice e versa;
  • Efeito colateral de medicações;
  • Alimentação: alimentos com cafeína e bebidas alcoólicas;
  • Problemas de refluxo;
  • Obesidade, o que pode levar à apneia do sono;
  • Falta de exposição ao sol;
  • Excesso de radiação eletromagnética, como: TV, celular, computador, tablet e etc.;
  • Redução da melatonina, hormônio regulador do ciclo circadiano;
  • Menopausa, gerando o sono entrecortado.

Consequências da insônia para a saúde

Consequências diretas

  • Acordar péssima no dia seguinte: cansada e com baixa energia;
  • Alterações de humor: muito irritada;
  • Baixa produtividade;
  • Falta de ânimo para praticar exercícios;
  • Aumento da fome: mais vontade de consumir carboidratos.

Consequências a longo prazo

  • Desregulação dos hormônios que controlam a fome e o apetite: leptina e grelina;
  • Alteração nas capacidades de foco e concentração;
  • Memória ruim;
  • Diminuição da imunidade, o que leva a um maior risco para doenças: gripe, câncer e etc.;
  • Interferência na produção do hormônio GH, responsável por regular o metabolismo;
  • Ganho de peso;
  • Atrapalha perder peso.

Por que precisamos dormir bem?

Basicamente, o sono é o momento no qual o corpo para e se regenera. Portanto, sofrer com a insônia traz inúmeros prejuízos para a saúde feminina. Sendo assim, o sono adequado é extremamente importante para:

  • Reduzir risco para doenças, já que melhora o sistema imunológico;
  • Consolidar a memória e, assim, o aprendizado;
  • Regularizar hormônios que controlam a fome e a saciedade;
  • Regularizar o hormônio do anabolismo, denominado GH;
  • Reduzir risco para demência;
  • Equilibrar o peso;
  • Ter energia e bom humor;
  • Ser produtiva.

CLIQUE ABAIXO PARA ACESSAR:
8 DICAS INFALÍVEIS PARA VOCÊ DERROTAR A INSÔNIA NA MENOPAUSA.
OS 10 SUPER ALIMENTOS PARA VOCÊ TRATAR OS SINTOMAS DA MENOPAUSA

Deixe uma Resposta